9.4.08

o essencial é visível às fotos

Esse grupinho aqui se chama Mecânicos da Palavra e são um pedaço mais do que especial da minha vida.

Segunda-feira tivemos um encontro histórico registrado nesta bela fotografia.

Não são os rostos mais queridos do mundo?


Fazendo a volta do relógio começando pela ponta do lado esquerdo:
Américo, Karen, Marco, eu, Almiro e Isabel.


Só faltaram Galvani e Luciane. Mas dia 5 de maio tem mais.

Certas coisas de repente deixam de ser importantes para serem essenciais.

2 comentários:

  1. Alô, Mulher de Sardas e grupo, e visitantes:

    Vocês perceberam?
    Três gerações, - estou certo? - formam os Mecânicos da Palavra.
    E isso tem muito significado.Claro, para mim, notoriamente o mecânico mais entrado em anos, é um privilégio pertencer ao grupo.
    Abraços.
    Almiro

    ResponderExcluir

Coisa boa saber tua opinião.

não se nasce mulher, torna-se mulher [simone de beauvoir]