20.2.12

passagem

Me dá uma janela que passa; eu não preciso mais do que isso pra ir embora. Aprendi a partir aos nove anos e desde lá o que se parte aqui eu recupero além. O que eu não recupero fica sendo a minha paisagem, vai nos meus olhos um bocado tristes para quem voa, no meu coração que só descansa ao desembarcar em ti.

Eu nunca sei o quanto falta da estrada, eu sempre sei o quanto resta do adeus.

Um comentário:

  1. UAU!!!!!Partir e par-tir!!!!!!Bela imagem!!!!!!
    ABRAÇO!!!!!

    ResponderExcluir

Coisa boa saber tua opinião.

não se nasce mulher, torna-se mulher [simone de beauvoir]